Festival Pé de Cachimbo #4 - Canto Cego - Poesia, Rock, MPB

Poesia + Rock ‘n’ Roll = Canto Cego

In Música by Raphael SanguineteLeave a Comment

Próximo domingo é um dia especial pro Festival Pé de Cachimbo. Primeiro domingo com 4 bandas a subirem ao palco. E o irado é que são quatro bandas porque a aceitação foi muito boa pelos artistas em relação ao conceito e ideia a do projeto.

E esse domingo a parada vai ser séria. São quatro das bandas que mais estão movimentando a cena independente a subir ao palco do Relicário da Lapa. Quatro bandas espetaculares que já tem o seu trabalho conhecido pela galera que acompanha a cena. Quatro bandas com um som muito, mas muito bom!

E a primeira a subir no palco vai ser a banda Canto Cego.

Formada atualmente por o que eu considero uma miscigenação cultural em forma de banda, a Canto Cego tem integrantes que além da música são ligados a outras vertentes artísticas e culturais, colocando toda essa vontade de expressar poesia e cultura junto à foça musical que o Rock tem, criando um som com características ímpares e difíceis de serem encontradas por aí. Um som forte, belo e performático.

Rebuliço Cultura Coletiva - Canto Cego - Poesia, Rock, MPB

A Canto Cego foi formada em 2010 na favela da Maré, por Magrão e seus amigos Diogo e Hugo. Atualmente, após algumas mudanças em seus integrantes ela é formada por Roberta Diitz (vocal e violão) que também é poeta e atriz, Rodrigo Solidad (Guitarra) que também é produtor cultural e musical, Magrão (baixo) que também é grafiteiro e artista plástico e Ruth Rosa (bateria) que também é flautista e integrante da Banda Café Frio.

Essa diversidade em relação às formações de seus integrantes pode ser sentida no trabalho da banda, que tem em suas músicas nuances experimentais e que variam bastante entre faixas, fazendo com que o trabalho como um todo possa ser visto como uma obra muito interessante para o público. Você pode conferir as músicas já lançadas pela banda em seu SoundCloud abaixo:

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/users/4670539″ params=”auto_play=false&hide_related=false&show_comments=true&show_user=true&show_reposts=false&visual=true” width=”100%” height=”300″ iframe=”true” /]

Eu destaco a faixa “Novo Canto” em que a junção da poesia com o Rock tem seu ápice. Essa faixa arrepia o ouvinte nas suas levadas que misturam a suavidade de uma bela poesia com a pegada rock’n’roll trazida por arranjos bem definidos com entradas destacadas dos instrumentos nos momentos ápices da letra.

Você pode conferir um vídeo da faixa “Novo Canto” abaixo, gravado no Corujão da Poesia no Conversa Fiada:

Então domingo, é dia de conferir o trabalho sensacional desta banda que mais dia, menos dia, sem dúvidas explodirá para o grande público!

Afinal, Todo Domingo, Pé de Cachimbo!

The following two tabs change content below.
Raphael Sanguinete é Administrador de Empresas e um dos idealizadores da Rebuliço - Cultura Coletiva. Até acharmos alguém melhor (o que não é nem um pouco difícil por sinal), faz bico de editor e principal escriba da Revista Rebuliço. As postagens na Revista Rebuliço são de responsabilidade de seus autores e não necessariamente condizem com a visão do coletivo.

Latest posts by Raphael Sanguinete (see all)